logo

Telefone de Contato (47) 3433-6961

Durante o inverno é comum observarmos um aumento na incidência das doenças respiratórias. No frio, a queda da temperatura, o clima mais seco e o aumento da poluição pela dificuldade de dispersão dos poluentes na atmosfera, acabam sendo os principais motivos de comprometimento pulmonar, especialmente para as pessoas que já tem alguma doença respiratória crônica.

Além disso, no inverno as pessoas costumam ficar aglomeradas em ambientes fechados e sem ventilação, o que facilita a propagação de microorganismo, como vírus e bactérias.

É nesta época do ano, que são retiradas do armário os agasalhos e cobertores, que estavam guardados durante o verão e junto com eles encontramos os já conhecidos ácaros, agentes responsáveis pelo desencadeamento das doenças alérgicas, como a rinite e asma.

Outra coisa importante que não podemos esquecer, é que os idosos e as crianças, normalmente são a parcela da população mais afetada no inverno, pois apresentam o sistema imunológico mais frágil. Os portadores de doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas ou doenças renais crônicas, também devem receber atenção especial.

Sendo assim, podemos dizer que existem 3 grupos de doenças respiratórias que são prevalentes no inverno: as doenças alérgicas ( como a rinite alérgica e asma), as doenças pulomonares crônicas ( como a asma e o enfisema) e as infecções respiratórias (como a gripe , resfriados e pneumonia).

Dicas para prevenir as doenças respiratórias:

1. Sempre deixar o ambiente ventilado
2. Evitar aglomeração de pessoas em um mesmo ambiente.
3. Ingerir bastante água, pelo menos 2 litros ao dia, mesmo no inverno, quando a sensação de sede não é tão intensa.
4. Evite tomar banhos muito quente, evitando que a camada protetora da pele seja reirada e dessa forma impedindo a presenças de doenças alérgicas da pele.
5. Lavar as mão com frequencia durante o dia.
6. Lavar e secar ao sol cobertores, agasalhos, mantas e roupas que ficaram muito tempo guardadas no armário.
7. Realizar a vacina anti - influenza anualmente, se você tem mais de 60 anos ou é portador de alguma doença crônica: como asma, DPOC, insuficiencia cardíaca ou insuficiencia renal.
8. Fazer exercícios físicos regulares, pois aumenta a capacidade respiratória, além dos outros benefícios para a saúde.
9. Evitar o contato de crianças sadias com pessoas com infecções respiratórias.
10. Parar de fumar, pois o fumante e as pessoas que convivem com ele tem muito mais chances de contrair enfermidades respiratórias, independente da época do ano.